Pular para o conteúdo
Voltar

Alunos do Sesc Escola discutem Consumo Sustentável em palestra do Procon-MT

Controlar escolhas e gastar menos do que se recebe são essenciais para o orçamento familiar
Rodrigo Damacena | Procon/Sejudh-MT

Palestra sobre Consumo Sustentável no Sesc Escola - Foto por: Rodrigo Damacena/Assessoria
Palestra sobre Consumo Sustentável no Sesc Escola
A | A

O Procon Estadual realizou palestra educativa, na tarde desta segunda-feira (03.07), para alunos do 8º e 9º ano do Sesc Escola do bairro Dom Aquino. O objetivo do evento, realizado por solicitação da coordenação da unidade educacional, foi aconselhar os adolescentes sobre como conduzir de maneira eficaz seus gastos, especialmente no que se refere ao excesso de consumo, problema que pode causar inadimplência na família.

Durante a palestra, a fiscal de Defesa do Consumidor do Procon-MT, Flávia de Jesus Lima, falou sobre a importância de se viver de acordo com o padrão de renda da família e evitar exageros, especialmente em compras de supermercados e fast food, por exemplo. A fiscal salientou que nessa idade, o desejo descontrolado de consumir pode afetar diretamente o orçamento da família. “Por isso, é importante planejar nossos gastos e controlar nossas vontades, mantendo assim a estabilidade financeira, vivendo satisfeito, criando dias sustentáveis e consumo seguro”, afirma.

Outro assunto importante abordado na palestra foi ‘promoções’. De acordo com a legislação sobre afixação de preços (Lei 10.962/2004), os estabelecimentos são obrigados a apresentar os valores de todos os produtos expostos à venda e em vitrines, através de etiquetas e/ou similares, de forma clara e de fácil compreensão, sem que o consumidor necessite fazer cálculos para saber quanto custa a mercadoria. “Ou seja, os preços de produtos e serviços deverão ser informados de forma clara e acessível, evitando induzir o consumidor a erro quanto às informações prestadas”, explica Flávia.

A professora do Sesc Escola, Sofia Medina de Alencar, avalia que a palestra foi muito importante para os alunos. “Nosso objetivo é que eles consigam identificar e diferenciar o que é consumo e o que é exagero. Por isso pedimos auxílio ao Procon. Queremos, em nossa escola, estimular o consumo sustentável”, salienta a docente.

O objetivo do Procon Estadual, explicou Flávia Lima, é promover a educação para o consumo. “A melhor forma de consumir é controlar nossas escolhas e gastar menos do que recebemos. O pensamento de guardar dinheiro e reduzir gastos desde adolescentes para um investimento futuro, como a casa própria ou um automóvel, traz resultados positivos e bem-estar financeiro para toda a família”, explica.

Serviço

O Procon-MT atende na sede estadual, na Avenida Historiador Rubens de Mendonça (do CPA), nº 917, Edifício Eldorado Executive Center – Bairro Araés, de segunda a sexta-feira, das 12h às 18h, para registro de reclamações, audiências, consulta de processos e protocolo de documentos.

No posto do Ganha Tempo da Praça Ipiranga o atendimento ao público também é de segunda a sexta-feira, das 07h30 às 18h30 e do Várzea Grande Shopping das 10h às 19h. No posto da Assembleia Legislativa (AL), o atendimento é de segunda a sexta-feira, das 07h às 18h. Outras informações podem ser obtidas pelos telefones 151 ou (65) 3613-8500.