Pular para o conteúdo
Voltar

Procon de Brasnorte toma medidas contra operadora de celular

Assessoria | Procon/Sejudh-MT

A | A

A operadora Telefônica (Vivo) realizou procedimentos técnicos para modernizar e ampliar o atendimento aos seus clientes no município de Brasnorte. Buscando melhorar o sinal de dados móveis (internet no celular), a empresa ampliou a velocidade de navegação na internet para o módulo 3G.

A tecnologia 3G (WCDMA) implantada no município aumentou a velocidade de navegação no uso de dados móveis. Entretanto, o procedimento interferiu na tecnologia 2G (GSM), que é a prestação de serviço de voz (ligações), ocasionando falta de sinal, que impossibilita o usuário de efetuar ou receber ligações em seu aparelho celular. O problema vem se arrastando desde os primeiros dias do mês de junho, data em que operadora realizou os procedimentos técnicos visando melhorar o atendimento.

Diante da situação e procura dos clientes da operadora em Brasnorte para reclamar da má prestação dos serviços, a Prefeitura Municipal encaminhou ofício à gerência de Divisão Regional e Diretoria da Telefônica em Cuiabá, informando o ocorrido e reclamando da situação da prestação dos serviços da empresa no município. A Prefeitura também acionou o Procon Municipal para que fossem tomadas as medidas necessárias para solucionar o problema.

De acordo com a coordenadora e conciliadora do Procon de Brasnorte, Egisane Piotrowski, o órgão de defesa do consumidor está tomando as devidas providências para que os serviços prestados pela empresa sejam restabelecidos. Dentre as medidas tomadas pelo Procon estão a cobrança de providências através do canal de atendimento da operadora exclusivo para os Procons, desde o dia 9 de junho, e contato com diversos setores da operadora (Gerência de Relacionamento; Diretoria de Relações e Instituições; Gerência Regional em Cuiabá).

O Procon de Brasnorte também registrou denúncia, no dia 22 de junho, na Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), pela má prestação dos serviços da operadora no município. Entrou, ainda, com uma Carta de Informações Preliminares (CIP), que é o documento que os Procons utilizam para solicitar esclarecimentos e providências aos fornecedores, no dia 23 de junho. 

Em resposta ao Procon, a Telefônica enviou um técnico, no dia 23 de junho, para fazer uma avaliação da qualidade dos serviços prestados pela empresa. A Gerência de Serviços ao Cliente e Equipamentos, do Setor de Engenharia da operadora, informou que a empresa está empenhada em solucionar o quanto antes o problema.

“Todas as medidas tomadas pelo Procon em relação a este caso ainda correm dentro do prazo de resposta estabelecido por lei. Nossa intenção é de que os serviços sejam restabelecidos o mais breve possível, evitando maiores constrangimentos e transtornos à população”, explica Egisane Piotrowski.

*Com informações da Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Brasnorte.