Pular para o conteúdo
Voltar

Banco Comercial foi o serviço com maior número de reclamações em 2012

Dominique Biancardini

A | A

Durante o ano de 2012 foram registrados um total de 18.255 (dezoito mil, duzentos e cinquenta e cinco) processos junto a Superintendência de Defesa do Consumidor do Estado de Mato Grosso PROCON/MT, do qual 6.095 atendimentos tratam de setor financeiro. Registrando (2.253) para banco comercial, (1.287) para cartão de crédito e (580) para cartão de loja.

Em segundo lugar, ficou o setor de serviços essenciais com (4.979) atendimentos. Energia elétrica registrou (1.597), telefonia celular com (1.204) e água/esgoto com (1.171) atendimentos. Os consumidores reclamam principalmente de cobranças indevidas nas suas faturas de energia elétrica, com valores superiores a média de consumo registrada no imóvel, no período dos últimos 12 meses.

Destaca-se no ranking, na posição de terceiro lugar o setor de Produtos com (3.478) processos instaurados. Os aparelhos de telefone celular foram os mais reclamados com (682) atendimentos, sendo (280) para microcomputador e (248) para móveis como camas e guarda roupas, dentre outros para quarto.

Ainda no topo, em 4º lugar, destacam-se os serviços privados. Registrando (2.992) atendimentos, ficando (615) para TV por assinatura, (467) reclamações para informática e (371) para estabelecimento comercial.

Em 5º lugar, ficou o setor de alimentos com (323) processos, em 6º lugar ficou o setor de saúde com (233) processos e em 7º lugar o setor de habitação com (156) reclamações.

“O aumento do número de demandas envolvendo o setor financeiro é decorrente do aumento de consumidores dos serviços bancários no Estado de Mato Grosso, bem como da tomada de crédito sem informações claras e precisas por parte das Instituições Financeiras e as vezes sem planejamento por parte dos consumidores, avalia o Superintendente em exercício do PROCON Estadual, Ivo Vinicius Firmo.

Maiores informações podem ser obtidas junto ao Procon Estadual que atende ao público das 13h às 19h, de segunda a sexta-feira, na Avenida Historiador Rubens de Mendonça (Avenida do CPA) nº 917, no bairro Araés. O órgão também tem um posto de atendimento no Ganha Tempo, localizado na Praça Ipiranga, Centro. Os telefones para esclarecimentos de dúvidas são 151 e (65) 3613 8500.