Pular para o conteúdo
Voltar

Confira as dicas para malhar sem ter problemas com a academia de ginástica

Dominique Biancardini

A | A

Com a chegada do verão, as academias de ginástica começam a ficar lotada de pessoas em busca de um porte físico melhor. Ao escolher uma academia de ginástica para se exercitar, o consumidor deve estar atento aos seus direitos. As academias podem oferecer diferentes planos de serviços e formas de pagamento.

Primeiramente, o consumidor deve planejar qual é a sua disponibilidade e necessidade. Assim, com o horário das aulas em mãos, fica mais fácil identificar as atividades que melhor atendem suas expectativas e preferências. Algumas academias também têm horários promocionais, por isso é importante verificar se tudo que o estabelecimento oferece será, de fato, aproveitado.

A qualificação dos profissionais que trabalham na academia deve ser levada em consideração. Verifique a formação dos instrutores e converse com eles para saber se a atividade escolhida é a ideal para a sua estrutura corpórea. O ideal é que a academia ofereça o serviço de avaliação física para o aluno poder malhar com segurança. Um exercício físico forçado ou não adequado pode prejudicar a saúde.

Defina o valor que está disposto a pagar pelas mensalidades, não se esqueça de somar as os valores cobrados a parte, como matrícula, crachá, avaliação física e exame médico, por exemplo. Muitas academias trabalham com planos – trimestrais semestrais ou anuais – onde se efetua o pagamento com cheques pré-datados, verifique as condições de desistência e devolução de valores ou cheques não descontados. Negocie preço e pesquise a melhor forma de pagamento para seu orçamento.

Segundo o Gerente de Fiscalização e Controle do Procon Estadual, Ivo Vinícius Firmo “Muitas academias, para fidelizar o consumidor, oferecem planos trimestrais e até semestrais, em troca de descontos no valor da mensalidade. Por isso é necessário analisar criteriosamente as vantagens oferecidas e as desvantagens em caso de desistência.

Antes de assinar o contrato, leia atentamente para confirmar se tudo que foi combinado verbalmente está escrito de forma clara e ostensiva.

Nas compras coletivas, no qual está sendo muito comum a venda desses pacotes a atenção deve ser redobrada, motivo pelo qual se recomenda que todo material publicitário que contém preços e promoções, bem como os comprovantes de pagamento deverão ser salvos ou impressos para eventualidade de qualquer problema futuro, tal como descumprimento de oferta, esses documentos darão o amparo jurídico necessário.

Fique atento ainda com a higiene do espaço físico e com a ventilação do local para que possa praticar seus exercícios em perfeita harmonia.

Para mais informações ligue 3613-8500 ou 151. Para registrar reclamações, o Procon-MT atende de segunda a sexta-feira, das 12h às 18h, em sua sede Estadual (Av. Historiador Rubens de Mendonça, nº 917, Edifício Eldorado Executive Center, bairro Araés), ou de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 18h30, e aos sábados, das 7h30 ao meio dia, no posto de atendimento do órgão no Ganha Tempo (Praça Ipiranga, Centro).