Pular para o conteúdo
Voltar

Cuidados na hora de contratar serviços para a festa de casamento

Dominique Biancardini

A | A

O casamento é um período muito esperado, tanto por mulheres como homens. Mas é em meio à empolgação do momento que muitos noivos não leem atentamente as cláusulas dos contratos e tornam o tão esperado sonho em frustrações.

Nesse mês de maio é o período que cresce o número de reclamações nos Procons com relação aos problemas enfrentados pelos consumidores na hora da cerimônia e festa.

Muitas prestadoras deste serviço oferecem descontos e vantagens para que os casais assinem o contrato, porém, na hora, nem tudo sai de acordo com o que foi estabelecido no documento. O não cumprimento da oferta por parte dos fornecedores dão causas a reclamações que vão desde uma alteração no modelo do vestido da noiva, decoração que não está igual a escolhida, até mesmo serviços de buffet não cumpridos.

Para prevenir-se do transtorno, o PROCON de Mato Grosso dá algumas dicas aos consumidores.

Primeiramente, os cuidados devem ser tomados antes de contratar os serviços. É importante verificar referências dos fornecedores que pretende contratar, fazendo pesquisa no site do Procon, no Cadastro de Reclamações Fundamentadas, a fim de verificar se existe alguma reclamação feita por outros consumidores em relação ao fornecedor.

O artigo 14 do Código de Defesa do Consumidor - Lei n. 8.078/90 assegura que o fornecedor de serviços responde pela reparação dos danos causados aos consumidores por defeitos relativos à prestação dos serviços, bem como, por informações insuficientes ou inadequadas sobre sua atuação.

Outra reclamação frequente dos consumidores é a imposição das empresas que insistem em vender um serviço somente se outro produto também for adquirido, o que é proibido pelo Código de Defesa do Consumidor, por ser venda casada.

A Superintendente do PROCON do Estado, Gisela Simona Viana de Souza alerta aos noivos que “toda oferta feito no ato da contratação deve ser documentada para que no período da execução do contrato, o consumidor tenha instrumentos eficazes para exigência de seus direitos”.

Se houver o descumprimento da oferta, o consumidor poderá exigir o cumprimento forçado da obrigação, abatimento proporcional do valor pago, aceitar outra prestação de serviço equivalente, sem prejuízo de eventual indenização por danos materiais e morais.

Para mais informações: (65) 3613-8500 ou 151. O Procon-MT está localizado no Edifício Eldorado Executive Center (Avenida do CPA, nº. 917 Araés) e atende ao público, de segunda a sexta-feira, das 13h às 19h. Já o posto de atendimento no Ganha Tempo (Praça Ipiranga, Centro de Cuiabá) funciona, de segunda a sexta-feira, das 07h30 às 18h30, e aos sábados, das 7h30 às 12h30.