Pular para o conteúdo
Voltar

Empresas aderem ao Consumidor.gov.br

Solange Wollenhaupt

A | A

O serviço público para solução alternativa de consumo 'consumidor.gov.br', disponibilizado para todo o país no início de setembro, conta atualmente com a adesão de mais de 160 empresas. Conforme dados da Secretaria Nacional do Consumidor do Ministério da Justiça (Senacon/MJ), em Mato Grosso, cerca de cinco pessoas por dia registram suas reclamações na plataforma e tentam resolver seus problemas de consumo diretamente com os fornecedores, através da internet.

O secretário de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), Luiz Antônio Possas de Carvalho, lembra que a versão para testes foi disponibilizada para todo o Estado no início de junho. “Foram registrados até agora 417 atendimentos no consumidor.gov.br em Mato Grosso. A ferramenta representa um avanço no atendimento ao consumidor, pois qualquer pessoa pode fazer sua reclamação acerca das empresas cadastradas, mesmo quem reside em municípios onde não têm unidades de Procon. Basta ter acesso à internet e e-mail”, explica o secretário.

No setor varejista, por exemplo, 15 grandes fornecedores nacionais já estão cadastrados. Entre eles constam redes que têm lojas em Mato Grosso, como as Casas Bahia, Lojas Americanas e Ponto Frio. “Nesta semana, a City Lar e Novo Mundo também passaram a integrar o consumidor.gov.br. Isso facilita a vida dos mato-grossenses que podem resolver conflitos de consumo sem sair de sua casa”, alerta a superintendente do Procon Estadual, Gisela Simona Viana.

Além de poder registrar a reclamação pela internet, outra vantagem da plataforma é que o consumidor pode optar em reclamar com o fornecedor do qual adquiriu um produto ou diretamente com o fabricante. Dentre os fabricantes de eletrônicos e eletrodomésticos integram a plataforma consumidor.gov.br a LG, Sansung, Philips, Lexmark. Na Linha Branca constam fabricantes como a Brastemp, Consul, Atlas, Latina, Mueller, entre outros.

Também participam do consumidor.gov.br empresas de administradores de consórcios; agências de viagens; bancos, financeiras e administradoras de cartão; comércio eletrônico; corretoras de seguros, capitalização e previdência; empresas de pagamento on-line; de perfumaria, cosméticos e higiene pessoal; de recuperação de crédito; de transporte aéreo; de transporte terrestre; vestuário e calçados; farmácias; operadoras de planos de saúde; operadoras de telecomunicações e supermercados. Conheça a lista completa de fornecedores cadastrados no site www.consumidor.gov.br

Para mais informações, procure o Procon-MT pelos telefones 11 ou 3613-8500. E para formalizar reclamações, dirija-se à sede do órgão na Avenida Historiador Rubens de Mendonça, nº 917, Edifício Eldorado Executive Center – Bairro Araés, das 13h às 19 horas e no Posto de Atendimento do Ganha Tempo, de segunda a sexta-feira das 07h30 às 18h30 e aos sábados das 07h30 às 12 horas.