Pular para o conteúdo
Voltar

Energia Elétrica lidera ranking de reclamações no mês de janeiro de 2013

Dominique Biancardini

A | A

Segundo banco de dados do PROCON Estadual constante no Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (SINDEC), no mês de janeiro de 2013 foram registrados 1.600 (um mil e seiscentos) procedimentos administrativos, tendo o setor de Serviços Essenciais destacado em primeiro lugar em reclamações.

O setor de Serviços Essenciais foi responsável por (568) registros no órgão de defesa do consumidor, mantendo-se na primeira posição do ranking, ficando (223) para Energia Elétrica, (126) para telefonia celular, (112) reclamações para Telefonia Fixa e (98) Serviço de Água.

Registra-se que em janeiro de 2012 também o Serviço de Energia Elétrica foi o serviço mais reclamado no órgão com 207 procedimentos. Fato que demonstra que a insatisfação do consumidor com o setor elétrico do Estado de Mato Grosso a cada ano aumenta.

Setor Financeiro com (373) reclamações ficou em segundo lugar. O setor de Banco Comercial registrou (152) reclamações, (54) para Cartão de Crédito e (33) reclamações para Banco de Dados

Setor de Produtos ficou em terceiro lugar com (353) reclamações, sendo (57) para Telefone, (24) reclamações para Internet e (23) para Geladeira e Freezers.

Em quarto lugar, o setor de Serviços Privados registrou (249) reclamações. TV por assinatura com (82) reclamações, Informática com (34) e Escola (Pré, 1 e 2 Grau) ficando com (23) reclamações.

O setor de Habitação registrou (30) reclamações no PROCON-MT, ocupando assim, o quinto lugar do ranking. Já em penúltimo e último lugar, respectivamente, permanecem os setores de Saúde e Alimentos. Juntos, os dois setores apresentaram (27) reclamações no mês de janeiro de 2013.

“Devido ao aumento de reclamações envolvendo energia elétrica, a CEMAT juntamente com a AGER aceitaram a solicitação do PROCON e do Conselho de Energia Elétrica do Estado – CONCEL em fazer um mutirão de análise dessas demandas, a fim de que se tenha uma resposta mais célere e justa para o consumidor”, ressaltou a Superintendente de Defesa do Consumidor, Gisela Simona Viana de Souza”.

Para mais informações, procure o Procon-MT pelos telefones 151 ou 3613-8500. E para formalizar reclamações, o órgão atende em sua Sede Estadual na Avenida Historiador Rubens de Mendonça, nº 917, Edifício Eldorado Executive Center – Bairro Araés, das 13 às 19 horas e no Posto de Atendimento do Ganha Tempo, de segunda a sexta-feira das 07h30min às 18h30min e aos sábados das 07h30min às 12 horas.