Pular para o conteúdo
Voltar

Mediação de conflitos: Representantes de Procons de Mato Grosso participam de capacitação em Rondonópolis

Solange Wollenhaupt

A | A

Cerca de 70 servidores dos Procons Estadual e Municipais de Mato Grosso estão em Rondonópolis (212 km ao Sul), participando do curso de “Mediação como instrumento de solução de conflitos”, ministrado pela defensora pública do Estado do Rio de Janeiro e titular do Núcleo Civil do Consumidor da Comarca de Nova Iguaçu, Larissa Davidovich. O evento, que é promovido pela Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), por meio do Procon Estadual, em parceria com o Procon de Rondonópolis, acontece nesta quarta-feira (09/12), até as 18h, no Horto Hotel (Rua Francisco Goulart, 1183 - Vila Goulart).

O objetivo da capacitação, explica a superintendente do Procon-MT, Gisela Simona Viana, é trazer ferramentas, municiar e dar instrumentos para que os Procons possam tratar os conflitos de maneira mais adequada, utilizando as técnicas da mediação. “Hoje, de cada dez casos que chegam ao órgão, no mínimo sete são resolvidos. Queremos aprimorar nosso trabalho e resolver os problemas de consumo de forma satisfatória para todos os envolvidos” salienta Gisela.

Para o coordenador do Procon de Rondonópolis, Juca Lemos, o curso é importante porque permite que os servidores dos Procons conheçam novas experiências e técnicas de mediação, que podem ser utilizadas no dia a dia do órgão. “Nosso objetivo é que os consumidores saiam satisfeitos e que os fornecedores entendam que devem se pautar cada vez mais pelo respeito à legislação consumerista”, destaca.

Durante o evento, a palestrante salientou que com a implantação da Lei da Mediação, que entra em vigor no final de dezembro, e com o novo Código de Processo Civil, que passará a vigorar a partir de março de 2016, uma nova cultura está sendo instalada no país. “A mediação é uma forma de enxergar o conflito de forma mais abrangente, ouvindo as partes envolvidas, sem fazer julgamentos. É fundamental compreender a importância de se colocar no lugar do outro e entender que há sempre outra perspectiva”, explica a mediadora.

Conforme Larissa, a expectativa é que os participantes saiam do curso com um entendimento mais moderno sobre a solução dos conflitos e apliquem as técnicas de mediação, de comunicação e de diálogo no dia a dia do seu trabalho. “Os Procons são fundamentais na resolução dos conflitos dos consumidores. Com as novas legislações, precisaremos pensar também em como adequar a mediação para a defesa do consumidor”, finaliza.

Atendimento no Procon

O Procon-MT atende em sua sede estadual na Avenida Historiador Rubens de Mendonça (do CPA), nº 917, Edifício Eldorado Executive Center – Bairro Araés, de segunda a sexta-feira, das 08h às 18h. Para registro de reclamações, audiências, consulta de processos e protocolo de documentos, o consumidor pode procurar a sede do Procon-MT, de segunda a sexta-feira, das 08h30 às 17h30.

No posto no Ganha Tempo, o atendimento ao público é de segunda a sexta-feira, das 07h30 às 18h30, e aos sábados, das 07h30 às 12h. No Posto na Assembleia Legislativa, o atendimento é de segunda a sexta-feira, das 7h às 18h. Outras informações podem ser obtidas pelos telefones 151 ou 3613-8500.