Pular para o conteúdo
Voltar

PROCON Estadual apreende quase uma tonelada de produtos vencidos em Cuiabá.

Dominique Biancardini

A | A

O Procon-MT iniciou uma operação de fiscalização em supermercados de Cuiabá, onde serão fiscalizados aproximadamente 200 estabelecimentos em todas as regiões da capital.

A ação tem como objetivo garantir aos consumidores cuiabanos produtos com qualidade, assegurar o direito de informação nas relações de consumo e coibir práticas abusivas.

As equipes de fiscalização estão percorrendo os estabelecimentos que já haviam sido orientados preventivamente em ações realizadas pelo órgão.

O Fiscal de Defesa do Consumidor Rogério Sena da Silva, que participa da ação, destacou: “Tem chamado a atenção durante a ação, a quantidade de produtos vencidos que estão nas prateleiras. Muitos destes produtos são direcionados às crianças, como no caso de iogurtes, latas de leite em pó, e shampoos de uso infantil, o que ressalta a necessidade dos pais e consumidores em geral redobrarem os cuidados ao observar as informações da embalagem”.

Somente na primeira semana de fiscalização, o Procon Estadual retirou do mercado quase uma tonelada de produtos impróprios para o consumo que estavam sendo ofertados ao consumidor: “ Uma das nossas principais preocupações é com a segurança alimentar do consumidor, garantia prevista na legislação consumerista”, afirmou o Gerente de Fiscalização Rogério Chapadense Liberalesso.

“Os estabelecimentos serão autuados, e por se tratarem em alguns casos de situações que se configuram como crimes contra as relações de consumo, os fatos serão comunicados a delegacia especializada. É importante o consumidor conhecer os seus direitos e denunciar aos órgãos competentes as irregularidades que encontrar” concluiu o Superintendente do PROCON-MT em exercício, Ivo Vinícius Firmo.

AÇÕES NO INTERIOR DO ESTADO – Em 2011, a fiscalização do PROCON-MT realizou operações em supermercados e mercearias localizadas em vários municípios do interior do Estado, tendo retirado do mercado de consumo mais de uma tonelada e meia de produtos impróprios para consumo. Estas ações serão estendidas para outros municípios do interior do Estado em 2012.