Pular para o conteúdo
Voltar

Procon Estadual divulga ranking de reclamações de junho

Solange Wollenhaupt

A | A

Segundo banco de dados do Procon Estadual, constante no Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (Sindec), no mês de junho de 2014 foram registrados 1.562 procedimentos administrativos, tendo o setor de 'Serviços Essenciais' ocupado o primeiro lugar em reclamações.

O setor de 'Serviços Essenciais' foi responsável por 485 atendimentos no órgão de defesa do consumidor, mantendo-se na primeira posição do ranking, registrando 185 reclamações para serviços de 'Água e Esgoto', 126 para 'Telefonia Fixa' e 111 reclamações para 'Energia Elétrica'.

O setor de 'Produtos', com 328 reclamações, ficou em segundo lugar, sendo registradas 75 reclamações para a categoria 'Telefone', 35 reclamações para 'Eletroeletrônico Importado' e 22 para 'Microcomputador/Produtos de Informática'.

O setor 'Serviços Privados' ficou em terceiro lugar com 315 reclamações, sendo 146 para a categoria 'Hospedagem', 44 para 'TV por Assinatura' e 37 para a categoria 'Estabelecimento comercial'.

Em quarto lugar ficou o setor 'Assuntos Financeiros', que registrou 282 reclamações, sendo 160 para 'Banco Comercial', 32 reclamações para a categoria 'Cartão de Crédito' e 24 para “Outros contratos”.

O setor 'Alimentos' registrou 102 reclamações no Procon-MT, ocupando assim o quinto lugar do ranking. Já em penúltimo e último lugar, respectivamente, permanecem os setores 'Habitação' e 'Saúde'. Juntos, os dois setores tiveram 50 reclamações no mês de junho de 2014.

O Procon Estadual é um órgão vinculado à Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh). Para mais informações, procure o Procon-MT pelos telefones 151 ou 3613-8500. E para formalizar reclamações, o órgão atende em sua Sede Estadual na Avenida Historiador Rubens de Mendonça, nº 917, Edifício Eldorado Executive Center – Bairro Araés, das 13 às 19 horas e no Posto de Atendimento do Ganha Tempo, de segunda a sexta-feira das 07h30min às 18h30min e aos sábados das 07h30min às 12 horas.