Pular para o conteúdo
Voltar

Procon Estadual divulga ranking semestral de atendimentos

Assessoria

A | A

De 01 de janeiro a 30 de junho de 2015, foram registrados 19.482 atendimentos no Procon Estadual. Os dados constam no Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (Sindec) e na nova ferramenta de atendimento online www.consumidor.gov.br .

Do total de 16.557 procedimentos administrativos registrados no Sindec neste primeiro semestre, a área de “Serviços Essenciais” foi a mais reclamada, ocupando o primeiro lugar do ranking, com 6.813 reclamações. O setor “Assuntos Financeiros”, com 4.389 registros, ocupa o segundo lugar e, em terceiro lugar, com 2.858 atendimentos, está o setor “Produtos”.

O setor “Serviços Privados”, ocupa o quarto lugar, com 1.993 registros. Em quinto lugar está a categoria “Habitação”, com 211 procedimentos registrados. O sexto lugar, com 155 registros, é ocupado pelo setor “Saúde”. Em último lugar, com 128 registros, está o setor “Alimentos”. Confira abaixo os três assuntos mais reclamados por área no Procon Estadual de 01 de janeiro a 30 de junho de 2015:

1) Serviços Essenciais

1º) Água e Esgoto: 2.474

2º) Energia Elétrica: 2.445

3º) Telefonia Celular: 1.129

2) Assuntos Financeiros

1º) Financeira: 2.263

2º) Banco Comercial: 783

3º) Cartão de Crédito: 530

3) Produtos

1º Telefone: 487

2º Eletroeletrônico Importado: 245

3º Geladeira e Freezer: 173

4) Serviços Privados

1º) TV por Assinatura: 793

2º) Informática: 232

3º) Estabelecimento Comercial: 210

5) Habitação

1º Incorporação (Construtoras e Incorporadoras): 124

2º Condomínio: 64

3º Loteamento: 24

6) Saúde

1º) Plano de Saúde Regulamentado: 68

2º) Convênio de assistência médica/odontológica: 21

3º) Plano Odontológico: 18

7) Alimentos

1º) Supermercado: 36

2º) Leite e Derivados: 22

3º) Carnes e Derivados: 09

Integram o banco de dados do Procon-MT os registros efetuados na sede do órgão e nos postos de atendimento do Ganha Tempo e da Assembleia Legislativa.

Atendimento online

Por meio da plataforma www.consumidor.gov.br foram registradas 2.925 reclamações em Mato Grosso. A área “Telecomunicações” lidera o ranking com 1.610 registros. Em segundo lugar estão os “Serviços Financeiros”, com 506 demandas; em terceiro lugar “Produtos de Telefonia e Informática”, com 490 reclamações; e na quarta posição o setor “Produtos Eletrodomésticos e Eletrônicos”, com 134 atendimentos.

O quinto lugar do ranking é ocupado pela categoria “Demais Produtos”, que recebeu 102 reclamações, seguido de “Transportes”, que apresentou 40 registros e ocupa o sexto lugar. Na sétima posição está a área “Demais Serviços”, com 25 reclamações. A plataforma também registrou oito reclamações para a área “Turismo/Viagens”, que ocupa o oitavo lugar do ranking do consumidor.gov.br. Também foram registradas três reclamações para a área “Água, Energia e Gás”, três reclamações para “Alimentos”, duas reclamações para “Saúde” e duas reclamações para “Educação”. A área “Habitação” não teve nenhuma reclamação registrada através da plataforma online.

Serviço - O Procon-MT atende em sua sede estadual na Avenida Historiador Rubens de Mendonça (do CPA), nº 917, Edifício Eldorado Executive Center – Bairro Araés, de segunda a sexta-feira, das 08h às 18h. Para registro de reclamações, audiências, consulta de processos e protocolo de documentos, o consumidor pode procurar a sede do Procon-MT, de segunda a sexta-feira, das 08h30 às 17h30.

No Posto no Ganha Tempo, o atendimento ao público é de segunda a sexta-feira, das 07h30 às 18h30, e aos sábados, das 07h30 às 12h. No Posto na Assembleia Legislativa, o atendimento é de segunda a sexta-feira, das 7h às 18h. Outras informações podem ser obtidas pelos telefones 151 ou 3613-8500.