Pular para o conteúdo
Voltar

Procon Estadual ministra curso de reciclagem do Sindec em Sinop

Fabyola Coutinho

A | A

Durante esta semana (26 a 29.10), os gerentes de Atendimento, Priscila Garcia, de Informática, Cristiano Henrique e a conciliadora Carmen Helena de Mello, aplicam a segunda fase do treinamento de capacitação do Sistema Nacional de Informação de Defesa do Consumidor – Sindec – para os funcionários da sede municipal do órgão em Sinop (500 km ao Norte de Cuiabá). O objetivo do treinamento é regularizar a baixa e o andamento processual das reclamações registradas na sede do município.

O Sindec é um sistema informatizado que reúne em rede as bases de dados usadas pelos Procons do Brasil e a confecção do Cadastro de Reclamações Fundamentadas, uma lista com as informações pontuais sobre a conduta das empresas frente ao consumidor. Assim, a publicação do Cadastro, uma nova etapa do Sindec, ajuda o consumidor a conhecer qual fornecedor é o mais reclamado e qual seu percentual de resolução dos conflitos, podendo decidir pelo melhor antes de efetuar uma compra.

O Procon de Sinop teve a instalação do Sindec, em junho deste ano. Após alguns meses de experiência no manuseio do Sistema, os funcionários precisam ser treinados a classificar e baixar corretamente os processos abertos. “Depois de classificá-los, precisamos fazer decisões administrativas aos processos e verificar em quais cabe ou não sanções”, explicou a gerente Priscila.

“Existem dentro dos Procons a classificação das reclamações, conforme os procedimentos adotados. A baixa correta destes registros permite a inclusão dos dados do Procon Municipal de Sinop no próximo Cadastro Estadual e Nacional de Reclamações Fundamentadas”, ressalta Priscila. O cadastro estadual de empresas “negativadas” do Procon foi publicado em setembro e o nacional será publicado em dezembro.

SINDEC

O Sindec possibilita o acesso a gráficos, a informações com base em perfis e demandas do consumidor, os tipos de atendimentos mais utilizados, as empresas reclamadas, as áreas mais procuradas e as condutas praticadas nos outros Estados, com uma base de dados integrada. A nova tecnologia possibilita, principalmente, um tempo menor para a resolução de conflitos do consumidor. Qualquer consumidor pode acessar o sistema no endereço eletrônico www.mj.gov.br/dpdc.

Para mais informações sobre o sistema, procure os atendentes do Procon Estadual pelos telefones 151 ou 3613-8500. A sede do órgão está localizada no Edifício Eldorado Executive Center – Avenida do CPA, nº. 917 Bairro Araés (ao lado da Polícia Federal) – e atende ao público, de segunda a sexta-feira, das 12h ás 18h.