Pular para o conteúdo
Voltar

PROCON Estadual orienta sobre cuidados na compra de produtos para festas juninas

Dominique Biancardini

A | A

Casamento caipira, fogueira, fogos de artifício, pipoca,quentão. As festas juninas e julinas estão chegando, e para que o consumidor participe das comemorações mais tradicionais do Brasil sem dor de cabeça, o Procon-MT, órgão vinculado a Secretaria Estadual de Justiça e Direitos Humanos orienta sobre os cuidados ao adquirir produtos para a festa.

Na compra de alimentos, a orientação é que as comidas devem conter na embalagem a identificação do fabricante, prazo de validade, ingredientes, peso e origem. Isso vale para alimentos pré- embalados e industrializados.

Aqueles que desejam comprar produtos naturais ou a granel devem verificar o peso e a aparência do produto. Os alimentos devem apresentar informações sobre a validade e procedência; o procedimento de pesagem deve ser feito na presença do consumidor e a balança, além de estar nivelada, deve conter o selo do INMETRO.

Outro símbolo importante dessas festas típicas são os fogos de artifício, neste caso, por questão de segurança, o dica do Procon/MT é não adquirir produtos com pessoas que não tenham autorização e seguir rigorosamente as instruções para uso do produto.

Atenção merece também as roupas típicas, pois, considerando que o produto é utilizado somente nesta temporada de festa, vale a pena fazer pesquisa de preço. As peças de roupa devem trazer informações sobre o tipo de fibra utilizada, principalmente porque há casos de algumas pessoas serem alérgicas a determinados tecidos.

Quanto os balões, a orientação é não soltá-los, pois além de correr o risco de provocar algum acidente, a atividade é considerada crime e esta sujeita a multa e/ou detenção.

De acordo com a Superintendente do Procon/Estadual, Gisela Simona Viana de Souza, a importância dessas dicas se dá para que o consumidor desfrute de momentos de lazer com saúde e segurança, na forma que garante o Código de Defesa do Consumidor, art. 6O, inciso I.

Para mais informações, procure o Procon-MT pelos telefones 151 ou 3613-8500. E para formalizar reclamações, o órgão atende em sua Sede Estadual na Avenida Historiador Rubens de Mendonça, nº 917, Edifício Eldorado Executive Center – Bairro Araés, das 13 às 19 horas e no Posto de Atendimento do Ganha Tempo, de segunda a sexta-feira das 07h30min às 18h30min e aos sábados das 07h30min às 12 horas.