Pular para o conteúdo
Voltar

Procon Estadual realiza palestra sobre superendividamento para alunos da Escola André Avelino

Solange Wollenhaupt

A | A

Cerca de 140 alunos da Escola Estadual André Avelino, localizada no Bairro CPA II, participaram na manhã desta segunda-feira (05.05) de palestra educativa sobre “Superendividamento”. O evento, promovido pelo Procon Estadual, órgão vinculado à Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), integra a programação da Semana Nacional de Educação Financeira, que acontece em todo o Brasil, de segunda (05.05) a sexta-feira (09.05).

Conforme a superintendente do Procon, Gisela Viana, a palestra é um alerta para os jovens. “Hoje em dia, muitos estudantes do ensino médio estão no mercado de trabalho, tem Cadastro de Pessoa Física (CPF) e são consumidores. Eles precisam aprender desde cedo a planejar seus gastos e evitar o superendividamento, que pode ser um fator de exclusão social”, explica.

Durante o evento, a superintendente do órgão fiscalizador e a conciliadora de Defesa do Consumidor, Márcia Botelho, falaram sobre o Código de Defesa do Consumidor (CDC), saúde financeira, riscos de crédito, orçamento e planejamento doméstico, entre outros assuntos. As palestrantes também deram dicas de economia, como a importância de realizar pesquisa de preços, verificar o selo do Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica (Procel) ao comprar eletroeletrônicos e solicitar desconto ao realizar uma compra.

Para a professora Josiane de Queiroz, organizadora do evento, realizar palestras desse tipo são importantes, pois trazem esclarecimento aos estudantes. “O Procon está conscientizando os alunos sobre como é importante planejar os gastos para economizar”, destaca a docente. As estudantes Danielle de Morais e Tainara Pereira,, do 2º ano do Ensino Médio, dizem que aprenderam bastante. “Vou levar essas dicas para casa. Eu não sabia que não era obrigada a pagar a taxa de 10% para os garçons”, lembra Danielle. Já Tainara alerta que, antes de comprar, precisamos planejar nossos gastos e ponderar se realmente precisamos do produto.

Para mais informações, procure o Procon-MT pelos telefones 151 ou 3613-8500. Para formalizar reclamações, o órgão atende em sua sede estadual na Avenida Historiador Rubens de Mendonça, nº 917, Edifício Eldorado Executive Center – Bairro Araés, das 13h às 19 horas e no Posto de Atendimento do Ganha Tempo, de segunda a sexta-feira das 07h30 às 18h30 e aos sábados das 07h30 às 12 horas.