Pular para o conteúdo
Voltar

Procon -MT orienta os consumidores sobre os cuidados necessários nas compras em liquidação

Dominique Biancardini

A | A

Nessa época do ano, as lojas costumam oferecer ao consumidor a preços promocionais o estoque de produtos não vendidos da coleção outono/inverno, com descontos que chegam bastante atrativos. As ofertas são tentadoras e por isso, o consumidor deve evitar as compras por impulso.

Fazer uma avaliação do orçamento antes de sair de casa é fundamental, além disso, pesquisar preços é uma boa dica para saber se os descontos valem a pena. Por isso o Procon Estadual, órgão do Governo do Estado, vinculado a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos, orienta os consumidores como aproveitar as oportunidades de negócio e evitar problemas posteriormente.

Não é errado entrar de loja em loja atrás de liquidações, ao contrário, renovar o guarda-roupa com peças fora de estação é uma das regras básicas da educação financeira e o mês de julho é o melhor pra isso, pois os preços estão mais baixo.

Uma boa dica é verificar as promoções antecipadamente, através de folhetos publicitários, encartes, internet, entre outros. Assim, o consumidor poderá definir previamente que itens precisa adquirir, sem gastar muito. Além disso, o Código de Defesa do Consumidor determina que toda a oferta de produtos obriga o fornecedor que a veiculou cumpri-la. Portanto, se alguma empresa negar o que prometeu, é possível reclamar, desde que munido do material publicitário.

No caso de itens vendidos com pequenos problemas de qualidade (roupas com manchas, descosturadas ou outro), o fornecedor deve constá-los na nota fiscal, recibo ou pedido, detalhando-os, visto que estes não poderão ser objeto de reclamação, mas problemas desconhecidos pelo consumidor poderão ser reclamados.

O Código de Defesa do Consumidor não obriga os fornecedores a trocar os produtos por motivo de cor, tamanho ou gosto. Nestes casos, a loja só terá que trocar a mercadoria caso tenha prometido por escrito, em etiquetas ou nota fiscal, por exemplo.

Importante saber que todo produto tem garantia que se trata da garantia legal. Está prevista em lei, sendo de 90 dias para os produtos duráveis e 30 dias para os produtos não duráveis.

Quanto ao pagamento, é sempre bom comparar as opções oferecidas pela loja a fim de verificar qual melhor adéqua a suas possibilidades, para valores pagos à vista, existe a possibilidade de barganhar descontos. Não se esqueça que nos pagamentos efetuados com cartão de crédito numa única parcela e débito, o preço praticado não deve sofrer alteração. Ao usar cheques pré-datados, não deixe de emiti-los nominais à loja, anotando no próprio cheque o dia combinado para o depósito.

Caso queira formalizar alguma reclamação a sede do Procon-MT sito (Avenida do CPA nº 917 Ed. Eldorado Executive Center, bairro Araés) está aberta ao público de segunda à sexta-feira, das 13h às 19h, e o posto de atendimento do órgão no Ganha Tempo (Centro) de segunda a sexta-feira, das 7h ás 19h, e aos sábados, das 7h ao meio dia.