Pular para o conteúdo
Voltar

RECALL DO ECOSPORT

Dominique Biancardini

A | A

A Ford Motor Company Ltda. convocou, no dia 27 de maio, os proprietários dos veículos EcoSport, equipados com transmissão automática, modelo 2011,para a substituição gratuita do coxim de fixação da transmissão automática, a partir do dia 30 de maio.

Modelo do veículo: EcoSport equipado com transmissão automática 2011

Números dos Chassis: de B8559570 até B8606238

A empresa informa que, constatou-se a possibilidade de variações no processo de produção da rosca do parafuso prisioneiro do coxim, podendo ter ocorrido à má fixação da transmissão automática no momento de sua montagem. Com isso, pode ocorrer o deslocamento do conjunto motor e transmissão automática, resultando na perda repentina da tração do conjunto motriz e conseqüente risco de acidentes e lesões.

Os proprietários dos veículos envolvidos deverão contatar imediatamente o Centro de Atendimento Ford (CAF), pelo telefone 0800 703 3673, ou um Distribuidor Ford de sua preferência para agendar a inspeção e a possível substituição do componente envolvido.

Atenção: o recall envolve os modelos adquiridos da concessionária ou de pessoa física e não há prazo limite para atendimento à campanha. Se o consumidor tiver qualquer dificuldade para efetuar o reparo/substituição, deve procurar um órgão de defesa do consumidor.

O Código de Defesa do Consumidor, em seu artigo 10, estabelece que: “O fornecedor não poderá colocar no mercado de consumo produto ou serviço que sabe ou deveria saber apresentar alto grau de nocividade ou periculosidade à saúde ou segurança”.

§ 1º “O fornecedor de produtos e serviços que, posteriormente à sua introdução no mercado de consumo, tiver conhecimento da periculosidade que apresentem, deverá comunicar o fato imediatamente às autoridades competentes e aos consumidores, mediante anúncios publicitários".

Outra questão importante, que deve ser observada pelos consumidores, refere-se à exigência do comprovante de que o serviço foi efetuado, documento que para sua segurança deverá ser conservado e repassado adiante, em caso de venda. Caso tenha sido comercializado mais de uma vez, o atual proprietário terá o mesmo direito ao reparo gratuito.

Os consumidores que já passaram por algum acidente causado pelo defeito apontado poderão solicitar, por meio do Judiciário, reparação por danos morais e patrimoniais, eventualmente sofridos.

O Procon-MT orienta os consumidores sobre seus direitos e acompanha atentamente convocações desse tipo, como procedimento incorporado à sua dinâmica de trabalho. A empresa deverá apresentar os esclarecimentos que se fizerem necessária, conforme determina o Código de Defesa do Consumidor, inclusive com informações claras e precisas sobre os riscos para o consumidor.