Pular para o conteúdo
Voltar

Saiba como funciona a portabilidade de crédito

Dominique Biancardini

A | A

Em tempo de baixa de juros e forte concorrência entre os bancos é comum o consumidor querer diminuir o valor da parcela de algum empréstimo já realizado ou até quitar o financiamento e um dos instrumentos oferecidos para auxiliar nessa transação financeira é a portabilidade de crédito.

A portabilidade de crédito pode ser uma opção para o consumidor que quer pagar menos juros para quitar a sua dívida, para tanto, é preciso atenção, pois, mesmo a operação sendo gratuita, bancos podem incluir serviços ou tarifas que podem onerar o bolso do consumidor.

Para realizar a portabilidade, o consumidor que tem um empréstimo ou financiamento deve pesquisar as condições oferecidas por outras instituições financeiras. Além disso, necessário verificar se o número de parcelas será o mesmo ao transferir o empréstimo para não aumentar o tamanho da dívida.

O Procon-MT destaca algumas dicas para auxiliá-lo na hora da transferência.

-

Primeiramente, negocie e exija todas as informações como o CET (Custo Efetivo Total) detalhado e o contrato do banco para onde vai migrar seu crédito;

- Se o número de parcelas aumentarem no financiamento com o novo banco credor (alongamento do perfil da dívida) fique atento: pode ser que a portabilidade não seja vantajosa;

- A quitação com o banco do qual pretende transferir sua dívida deve ser feita pelo banco para onde você a está levando, e não por você;

- Não aceite arcar com qualquer custo relacionado à transferência dos valores para a quitação da dívida com o banco do qual está retirando seu crédito, pois isso é ilegal;

- Conforme o tipo de crédito a ser transferido a outra instituição (financiamento de bens, como veículos, por exemplo), não aceite a imposição de ter de abrir conta corrente no novo banco credor. No entanto, isso pode ser necessário para créditos em que há depósito direto em conta corrente;

- Se o banco para onde vai portar seu crédito exigir de você o ingresso em um cadastro positivo qualquer, recuse-se, pois tal cadastro ainda não foi regulamentado;

- Na portabilidade de crédito imobiliário, fique atento aos custos com a documentação no cartório e a vistoria do imóvel: isso pode tornar a operação desvantajosa.

O consumidor tem o direito de escolher livremente para qual instituição realizará a portabilidade. Se encontrar qualquer dificuldade para portar seu crédito, o cliente deve buscar o auxílio do Banco Central pelo telefone 0800 979-2345 ou junto ao PROCON.

Para mais informações, o Procon de Mato Grosso está localizado na Avenida Historiador Rubens de Mendonça, n. 917, e atende ao público de segunda a sexta-feira, das 12h às 18h. O órgão possui também um posto de atendimento no Ganha Tempo, Centro. Os telefones para dúvidas e orientações são 151 ou 3613-8500.