Pular para o conteúdo
Voltar

Serviços Essenciais começam o ano como área mais reclamada no Procon Estadual

Reclamações por conta das compras de fim de ano ficaram em segundo lugar no ranking do Procon
Denise Sousa

A | A

A Superintendência de Defesa do Consumidor (Procon Estadual) registrou 1101 reclamações em janeiro de 2011. Os Serviços Essenciais foram os mais reclamados com 357 registros ou 32,5% dos atendimentos. Em primeiro no ranking ficou o serviço de telefonia celular (120), seguida por energia elétrica (91) e água e esgoto (72). As cobranças indevidas ou abusivas foram o principal problema dos consumidores que vieram ao órgão.

Por conta das reclamações referentes a compras de fim de ano, os Produtos ficaram na segunda posição, com 344 reclamações ou 31,3%. Os aparelhos de telefone celular foram os mais demandados com 71 registros. Os consumidores reclamaram, principalmente, de produtos entregues com defeitos e de problemas relacionados à garantia. Os móveis para casa (62) ficaram em segundo. As principais queixas dos consumidores se devem à demora na entrega ou montagem e recebimento de produtos com defeitos.

Em terceiro lugar no ranking de janeiro ficaram os Assuntos Financeiros com 267 reclamações ou 24,3%. Cartão de crédito (70), banco comercial (57) e cartão de loja (43) foram os assuntos mais reclamados. As cobranças abusivas ou indevidas geraram amis reclamações. Os Serviços Privados, quarta área quarta mais reclamada, receberam 91 reclamações (8,2%). A maioria das reclamações foi relacionada aos provedores de acesso à internet (25), escolas e faculdades (10) e TV por assinatura (9).

O setor de Habitação recebeu 29 reclamações em janeiro ou 2,6% do total de registros. A maioria devido a problemas com construtoras e incorporadoras (18). Em sexto a área de Saúde ficou com 9 registros (0,8%), 4 sobre plano de saúde regulamentado, 3 contra plano odontológico, um para hospital e um para profissional liberal. Em sétimo lugar o setor de Alimentos recebeu apenas uma reclamação (0,09%), referente à má prestação de serviço em supermercado.

“Em razão do número crescente de reclamações contra serviços essenciais, o Procon Estadual está preparando uma grande campanha para o Dia Mundial do Consumidor, a fim de esclarecer os direitos e deveres dos consumidores e fornecedores relacionados a essa área”, destaca a superintendente de Defesa do Consumidor, Gisela Simona Viana de Souza. A data é comemorada em 15 de março.

O órgão de defesa do consumidor atende de segunda a sexta-feira, das 12h às 18h, na Avenida Historiador Rubens de Mendonça, nº 917, edifício Eldorado Executive Center, bairro Araés, em Cuiabá. O telefone para dúvidas ou esclarecimentos que podem ser tirados pelo telefone é 151. O consumidor também pode registrar a sua reclamação pela Carta Procon. Basta imprimir o formulário no site do órgão www.procon.mt.gov.br, juntar cópia dos documentos pessoais e de outros, que comprovem a relação de consumo sobre a qual deseja reclamar, e entregar no setor de protocolo do órgão.