Pular para o conteúdo
Voltar

Setor Financeiro lidera ranking de reclamações no mês de agosto

Dominique Biancardini

A | A

Segundo banco de dados do PROCON Estadual constante no Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (Sindec) de 1o de janeiro até 31 de agosto de 2012 já foram registrados 13.222 procedimentos administrativos, no mês de Agosto foram instaurados o total de 1.935(um mil, novecentos e trinta e cinco), tendo o setor de Assuntos Financeiros destacado em primeiro lugar em reclamações.

O setor de assuntos financeiros foi responsável por (706) registros no órgão estadual de defesa do consumidor, mantendo-se na primeira posição do ranking, ficando (264) reclamações para banco comercial, (127) para cartão de crédito e (64) reclamações para banco de dados como ( Serasa – SPC. Etc...).

Serviços Essenciais com (470) reclamações ficou em segundo lugar. O setor de água e esgoto registrou (136) reclamações, telefonia celular com (127) e Energia elétrica com (118) reclamações.

Setor de Serviços Privados ficou em terceiro lugar com (346) reclamações, sendo (68) para TV por assinatura, (57) para informática e (53) para estabelecimento comercial. Em quarto lugar, o setor de Produtos registrou (327) reclamações. Telefone com (69) reclamações, Móveis para quarto com (24) e Microcomputador ficando com (18) reclamações.

O setor de Saúde registrou (35) reclamações no PROCON-MT, ocupando assim, o quinto lugar do ranking. Já em penúltimo e último lugar, respectivamente, permanecem os setores de Habitação e Alimentos. Juntos, os dois setores apresentaram (51) reclamações no mês de agosto de 2012.

Em comparativo ao mês de agosto de 2011, foram registradas o total de (1.341) reclamações, o que demonstra aumento do número de consumidores que estão procurando o órgão para fazer suas reclamações.

“Incentivos para o consumo como redução do IPI, taxas de juros e facilidade de obtenção de crédito são positivas, porém, as Instituições Financeiras precisam melhorar o pós-venda para atender melhor o consumidor; tornar mais fácil a compreensão dos contratos e a transparência, bem como cessar a cobrança indevida de algumas tarifas”, ressaltou a Superintendente de Defesa do Consumidor, Gisela Simona Viana de Souza”.

Para mais informações, procure o Procon-MT pelos telefones 151 ou 3613-8500. E para formalizar reclamações, o órgão atende em sua Sede Estadual na Avenida Historiador Rubens de Mendonça, nº 917, Edifício Eldorado Executive Center – Bairro Araés, das 13 às 19 horas e no Posto de Atendimento do Ganha Tempo, de segunda a sexta-feira das 07h30min às 18h30min e aos sábados das 07h30min às 12 horas.