Pular para o conteúdo
Voltar

Superintendente do Procon Estadual é ouvida pela CPI da Telefonia na Assembleia Legislativa de Mato Grosso

Dominique Biancardini

A | A

O Governo do Estado, por meio do Procon Estadual, órgão vinculado a Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos, participou na manhã de hoje, 03/09, da primeira reunião ordinária da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) de Telefonia, na Assembleia Legislativa de Mato Grosso, através da iniciativa do deputado Estadual e então presidente da Comissão, Ondanir Bortolini, o Nininho.

A CPI foi criada por meio do Ato nº 07/2013 da Mesa Diretora para investigar a situação da qualidade da telefonia móvel no Estado, bem como à retenção e atraso no repasse do ICMS cobrado nas contas de telefone, envolvendo as prestadoras de serviços de telefonia móvel que atuam em Mato Grosso.

A superintendente do Procon, Gisela Simona, afirmou que “toda iniciativa que busca melhorar a qualidade dos produtos colocados no mercado de consumo e a prestação dos serviços ao consumidor é bem recebida e tem o apoio do PROCON”.

Em 2013, o Procon recebeu a demanda à telefonia celular de 4.873 reclamações. A líder do ranking é a Vivo com 1.664, em seguida vem a Oi com 1.615, a Claro aparece em terceiro lugar com 1.267 e por último a Tim com 327 reclamações.

De acordo com o presidente da CPI, Ondanir Bortolini, Nininho, a CPI dará a oportunidade às operadoras de telefonia solucionar os problemas hoje existentes no nosso Estado.

A próxima oitiva acontecerá na terça-feira (10), às 10 horas, no auditório Licínio Monteiro. A CPI vai ouvir o presidente da Comissão de Defesa do Consumidor da OAB/MT, Carlos Rafael Demian. Gomes de Carvalho, e o representante da Promotoria de Defesa do Consumidor do Ministério Público, Ezequiel Borges de Campos.

Para mais informações, procure o Procon-MT pelos telefones 151 ou 3613-8500. E para formalizar reclamações, o órgão atende em sua Sede Estadual na Avenida Historiador Rubens de Mendonça, nº 917, Edifício Eldorado Executive Center – Bairro Araés, das 13 às 19 horas e no Posto de Atendimento do Ganha Tempo, de segunda a sexta-feira das 07h30min às 18h30min e aos sábados das 07h30min às 12 horas.