Pular para o conteúdo
Voltar

Ter cartão de crédito é bom, mais é preciso saber usar!

Dominique Biancardini

A | A

A utilização do cartão de crédito para compras vem crescendo a cada dia. Pela comodidade e agilidade, muitos consumidores deixaram de utilizar dinheiro e cheque preferindo o cartão de crédito. O PROCON Estadual verificou que os consumidores ainda têm muitas dúvidas sobre esse meio de pagamento, por isso, resolveu destacar algumas informações importantes para que o consumidor possa utilizar seu cartão, aproveitando suas vantagens e evitando problemas.

Primeiro, tenha certeza de que tudo que você vai comprar cabe no seu orçamento. Não utilize o cartão como um complemento de renda ou um segundo salário. Você sabe, no vencimento da fatura, você terá que efetuar todo o pagamento.

Se, no momento de pagar, o caixa da loja pedir um documento de identificação, não estranhe! É para sua própria segurança e evita que outras pessoas tentem usar o seu cartão.

Assim, siga as dicas:

Não usar o cartão como se fosse um complemento da renda ou um segundo salário.

Planeje suas compras e faça as contas para saber se o valor cabe no seu bolso.

Em caso de compras parceladas, lembre-se de que terá um valor do orçamento já comprometido ao longo de alguns meses

Pague o valor integral da fatura do cartão de crédito na data do vencimento

Estabeleça um limite real de despesas e siga rigorosamente essa meta

Só use o pagamento mínimo em uma emergência, quando, por exemplo, você gastou a mais e não tem alternativa para financiar a dívida.

Escape dos juros para não entrar numa bola de neve. Se precisar, procure alternativas de financiamentos com juros mais baixos que o cartão.

Guarde e some os comprovantes de compras para controlar melhor os gastos, enquanto a fatura não chega.

Como evitar dívidas com o cartão?

Assim que perceber que terá problemas para continuar pagando uma dívida, procure imediatamente o emissor do seu cartão e informe a sua situação.

Defina os gastos prioritários e corte os supérfluos, tenha certeza de que, ao renegociar a dívida, você conseguirá pagar as parcelas acordadas. Em alguns casos, o não pagamento da dívida renegociada pode fazer com que o valor devido volte ao seu patamar original, com multas e juros.

Uma vez quitada à dívida, comece a economizar para continuar mantendo uma vida financeira saudável.

O consumidor que quiser evitar o endividamento deve estar atento às facilidades do crédito e resistir aos apelos publicitários evitan¬do “comprar o que não precisa e gastar o que não tem”.

Use apenas um cartão de crédito. Com vários cartões aumenta o número de anuidades e fica mais difícil controlar as despesas. Evite sacar dinheiro com o cartão de crédito. Lembre-se de que os juros cobrados são altos.

O cartão de crédito pode ser cancelado a qualquer momento, mesmo com dívidas pendentes, assim, percebendo que não tem como pagar e que não consegue parar de gastar, o melhor pode ser o cancelamento.

O PROCON Estadual atende ao público das 12h às 18h, de segunda a sexta-feira, na Avenida Historiador Rubens de Mendonça (Avenida do CPA) nº 917, no bairro Araés. O órgão também tem um posto de atendimento no Ganha Tempo, localizado na Praça Ipiranga, Centro. Os telefones para esclarecimentos de dúvidas são 151 e 3613 8500.